Carregando... Aguarde...

Categorias

Novidades

Cachorros e gatos podem contrair febre amarela?

Postada em 07/03/2017 às 15:09:06

cachorro-pode-ter-dengue-660x330.jpg


O surto de febre amarela que atinge cidades brasileiras tem preocupado também alguns donos de pets, com a dúvida: será que meu bichinho de estimação também corre riscos? A resposta é que os donos podem ficar tranquilos, já que não há possibilidade de cães, gatos e os outros animais habitualmente tidos como animais de estimação sofrerem e nem transmitirem febre amarela. No ciclo silvestre da doença, são os macacos que agem como hospedeiros e os vetores são os mosquitos com hábitos estritamente silvestres – os mais importantes são os gêneros Haemagogus e Sabethes. No ciclo urbano, os humanos são os únicos hospedeiros, e a transmissão ocorre a partir de mosquitos do gênero Aedes aegypti  infectados, já conhecidos popularmente por agirem na transmissão da dengue, Zika e Chikungunya.

Como os pets estão livres de riscos mas os homens precisam de cuidados para evitar contaminação, é importante ficar ligado nos possíveis meios de atração de mosquitos para dentro de casa, e um deles pode ser o recipiente de água dos pets. Deixar a água do potinho parada por muito tempo não é indicado: troque-a várias vezes ao dia ou ofereça a água em horários específicos, evitando assim acumular larvas do mosquito.

Outro motivo para não relaxar na prevenção é  que no período de calor e de chuvas há aumento no número de mosquitos circulando, e apesar de não serem afetados pela dengue, Zika ou Chikungunya, os cães e gatos podem sofrer com o Aedes aegypti devido à dirofilariose (verme do coração), doença também transmitida pela picada deste mosquito e de alguns outros. Os mosquitos infectados pelo verme Dirofilaria immitis liberam larvas na corrente sanguínea dos bichos, que se alojam no ventrículo direito, na artéria pulmonar e na veia cava, causando os sintomas de redução da função cardíaca, dificuldade respiratória e tosse crônica. A doença é mais comum nos cachorros que em gatos e o tratamento eficaz está relacionado à identificação da doença o mais cedo possível. Além dela, outras doenças podem ser transmitidas via diferentes espécies de mosquito, como a temida leishmaniose (através do mosquito-palha), bicheira e berne.

Mesmo não precisando se preocupar com a febre amarela nos seus pets, todo o cuidado é pouco para evitar a exposição deles ao contato com os mosquitos que podem transmitir doenças. Converse com o veterinário de sua confiança sobre os possíveis riscos na região onde mora para prevenir a todos!


Fonte: Petblog e Folha Vitoria

Novos produtos

 

DEPARTAMENTOS

LOJA PINHEIROS

(11) 3063-1245 / 3088-4609

LOJA JD. EUROPA

(11) 3814-4029 / 3032-0721


SEGURANÇA

NOSSO TELEFONE

(11) 3063-1245

FORMAS DE PAGAMENTO

Copyright 2017 Mercearia do Animal. Todos os direitos reservados.
 Mapa do Site | Plataforma eCShop - Plataforma de e-commerce definitiva!

Rua dos Pinheiros, 439 - Pinheiros São Paulo CEP 05422-010 - CNPJ: 07.720.344/0001-14